6 dicas para relaxar depois da corrida

Gostei muito das dicas!! Bjs

6 dicas para relaxar depois da corrida 
Alguns cuidados ajudam a diminuir os incômodos após as provas
10/01/2013 10:24

No decorrer de um treino ou de uma prova de corrida, estamos acostumados a demandar de um esforço físico muito grande, capaz de gerar algumas microlesões nos tecidos, que resultam em desconforto e sensação de rigidez muscular, gerando um cansaço geral. Porém, há alguns procedimentos para ajudar a diminuir os efeitos e sintomas que surgem após o treino, que são:

1. Caminhada: Logo após concluir uma prova ou treinamento extenuante, continue caminhando pelo menos por 5 a 10 minutos para eliminar as toxinas depositadas no músculo. Após o exercício, acostume-se a sentar e elevar as pernas por cerca de 10 minutos, isso tira a tensão e ajuda a relaxar.

2. Terapia com frio: Sabemos que o resfriamento do músculo é importante para diminuir o dano tecidual decorrente do esforço produzido pela corrida (microlesão). Por isso, quando se resfria essa região, o dano do tecido pode ser reduzido, preservando os que não foram lesionados inicialmente e possibilitando uma recuperação mais rápida. Ou, também pode-se utilizar gelo em forma de cubos dentro de uma bolsa térmica posicionada sobre o músculo por 20 minutos. Outra maneira eficaz de reduzir o período de recuperação após um esforço muscular é realizar o banho de imersão em água gelada (cerca de 10ºC) por 10 minutos, o que reduz significativamente o tempo de recuperação.

3. Massagem: A massagem terapêutica promove o relaxamento muscular, ajuda na cicatrização tecidual e ainda reduz a rigidez e o inchaço muscular após o exercício intenso. Procure um profissional qualificado para realizá-la, pois alguns estudos mostraram que os efeitos da massagem podem não ser adequados quando realizada por profissionais pouco treinados. Mas, lembre-se de que, durante a massagem, nos seus músculos enrijecidos você pode sentir dor. Entretanto, a dor não deve ultrapassar o nível 6 em uma escala que vai até 10 para uma dor insuportável.

4. O dia seguinte: Um dia após o treino intenso ou prova, o melhor a fazer é realizar uma caminhada ou exercício aeróbico leve que dure de 30 minutos a uma hora, em vez de ficar completamente em repouso. O exercício leve irá aumentar o fluxo sanguíneo para os músculos, possibilitando a chegada mais intensa de oxigênio e nu­trientes, o que acelera o processo de recuperação.

5. Alongamento: Não existem evidências científicas de que o alongamento após o exercício intenso irá diminuir as chances de dores musculares. Mesmo assim, caso você já tenha o costume de se alongar após os treinos ou provas, continue com esse hábito. Porém, prefira atribuir o seu bem-estar a outros fatores, como o descanso correto.

6. Tempo de descanso: Muitas vezes é difícil saber de quanto tempo de repouso o corpo precisa após uma prova exigente. O parâmetro mais confiável ainda são os sinais que ele emite, infor­mando se existe ou não fadiga.  Sensação de cansaço, dor e musculatura presa são alguns dos sinais típicos que o levam a pensar em parar e descansar.

– Fonte: Reginaldo Fukuchi é mestre em biomecânica pela EEFE-USP (Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo), membro do Laboratório de Biomecânica do Instituto Vita e sócio fundador da Sonafe (Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva)

Fonte:http://www.ativo.com/Esportes/Pages/6_dicas_para_relaxar_depois_da_corrida.aspx

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: